Notícias » Marítima e Yasuda: duas marcas fortes a serviço dos corretores e segurados

O Grupo Sompo Japan, representado no Brasil pela Yasuda Seguros, adquiriu 88,2% do controle acionário da Marítima, em acordo finalizado e anunciado ao mercado em janeiro. A fim de abordar como será a gestão das marcas e das operações, os novos presidentes das duas companhias – Francisco Caiuby Vidigal Filho, pela Marítima, e Nikio Okumura, pela Yasuda – participaram de evento promovido hoje (26/02), em São Paulo, reunindo cerca de 300 corretores.

Na ocasião, Vidigal Filho (ou Kiko, como é conhecido), explicou que a palavra chave será “crescimento”, de modo que a sinergia entre as empresas deve agregar valor pelo aumento da satisfação de corretores e segurados, enfatizando a importância da retenção de clientes, ampliação dos negócios e, sobretudo, redução das despesas.

“A taxa de sinistralidade da Marítima em 2012 permaneceu baixa, em cerca de 63%, e registramos lucro líquido de R$ 28 milhões mas, para continuar evoluindo, precisamos melhorar o desempenho operacional, com maior rentabilidade e menores gastos administrativos. Essas são algumas das principais razões do acordo acionário feito com a Yasuda”, ressalta Kiko.

Tendo em vista que a Marítima é forte em Auto, Ramos Elementares e Saúde, enquanto a Yasuda é um dos principais players em Transportes, por exemplo, “existe a possibilidade de explorar vendas cruzadas e estimular os corretores a trabalhar com companhias que oferecem soluções múltiplas”, acrescenta. 

Segundo Kiko, o Grupo Sompo Japan resolveu investir na Marítima por causa da projeção da seguradora junto aos corretores, além da estabilidade política e econômica do Brasil. “Por um lado, nosso país tem a maior colônia japonesa do mundo com grande número de imigrantes e descendentes. Por outro lado, a Marítima conta com canal de vendas reconhecido e capilarizado, através dos parceiros de distribuição”.

Já o novo presidente da Yasuda Seguros, Nikio Okumura, foi integrante da diretoria da Marítima desde 2008, quando a seguradora japonesa tinha adquirido 50% da companhia brasileira. 

“O Grupo Sompo Japan acredita no mercado local e no sucesso das duas empresas, esperando que trabalhem juntas para melhorar produtos, serviços e atendimento, sempre com foco na distribuição pelo canal corretor”, comenta Okumura.

Ele reforçou ainda que a o relacionamento com a categoria não apenas será preservado, mas ampliado. “Queremos aprimorar essa parceria e o know how do Grupo Sompo Japan comprova que podemos aproveitar nossa expertise internacional para alcançar resultados ainda mais expressivos no Brasil”, finaliza

Fonte: CQCS