Notícias » Governo brasileiro anuncia novas licitações de aeroportos

 

O Governo brasileiro anunciou, esta quinta-feira, a licitação de dois dos principais aeroportos do país, no Rio de Janeiro e em Minas Gerais, realçando o interesse em atrair operadores internacionais para o processo.
 
"Achamos extremamente importante a parceria entre investidores brasileiros e operadores internacionais", defendeu a Presidente Dilma Rousseff, durante o anúncio de novos investimentos para o setor aeroportuário.
 
Entram na nova licitação o Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro (Galeão) e o de Cofins, em Minas Gerais.
 
A previsão de investimentos é de 6,6 mil milhões de reais (2,4 mil milhões de euros) para o Galeão e 4,8 mil milhões de reais (1,75 mil milhões de euros) para Cofins.
 
O edital será publicado em agosto e o leilão está previsto para setembro de 2013.
 
Os operadores internacionais poderão entrar nas licitações com participação de até 25 por cento em consórcios formados com empresas brasileiras e terão de comprovar capacidade em administrar aeroportos com volume médio de 35 milhões de passageiros.
 
Durante o anúncio, Dilma Rousseff recordou que a meta do seu Governo é transformar o Brasil num país de classe média, realçando o potencial que essa transformação trará para o setor aeroportuário.
 
"Num horizonte até 2030, 2050, o Brasil terá um crescimento exponencial da sua demanda porque um país de classe média vai assegurar que brasileiros e brasileiras utilizem o transporte aeroviário", disse a Presidente.
 
Foram anunciados ainda investimentos de 7,3 mil milhões de reais (2,66 mil milhões de euros) para 270 aeroportos regionais de todo o país.
 
A intenção é ampliar a malha aérea do país e aumentar a oferta de voos diários, colaborando para a integração do território.
 
Os investimentos contemplam subsídios e isenções fiscais para aeroportos em cidades de até um milhão de habitantes, além da criação de uma subsidiária da Infraero (agência governamental que hoje administra os aeroportos brasileiros).
 
Fonte: Jornal de Noticias